Portas funcionam como barreiras sanitárias para contaminantes e auxiliam na preservação dos alimentos.

Rayflex

A Rayflex possui em seu catálogo soluções que ajudam a redobrar os cuidados na linha de produção da indústria do frio. “As indústrias, principalmente os armazéns frigoríficos, têm uma coisa em comum: a necessidade de controlar a temperatura da carga durante o transporte e armazenamento. Manter a qualidade no armazenamento é imprescindível, tanto para o consumidor quanto para a indústria”, explica Giordania R. Tavares, diretora executiva da Rayflex. As portas Frigoiso, por exemplo, oferecem vedação total em todo perímetro e lona com isolamento térmico, abertura e fechamento ultra rápidos e automáticos, que independem da ação humana para acionar, evitando que alguém esqueça a porta aberta.

Já a porta AL01 foi especialmente pensada para as chamadas ‘salas limpas’, pois evita contaminação em lugares que necessariamente precisam seguir padrões de controle ambiental, já que possuem desenho sanitário, com guias laterais lisas e sem rugosidade e lona totalmente flexível sem barras metálicas que podem acumular sujeira, por isso são fáceis de higienizar e reduzem o índice de contaminação. “Nossas portas para frigoríficos cumprem perfeitamente o papel de exercer controle de temperatura. A alta velocidade de abrir e fechar minimiza a transferência de ar, promove economia de energia e assegura a temperatura do ambiente além de evitar a entrada de insetos e poeira nos ambientes”, explica Giordania.

Além dos produtos para a área interna, a fabricante oferece ainda soluções para as áreas de docas de recebimento e expedição de mercadorias, onde há maior variação climática e intempéries.

Serviço:
Rayflex
(11) 4645-3360
rayflex.com.br