A acr arquitetura consolida parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo
Salas de Espera acr

Imagem ilustrativa: painel para suporte da TV e senhas, vend machines, água e folders. Ao mesmo tempo, anteparo para as portas dos sanitários e ambiente de estar.

O escritório foi escolhido para o trabalho de padronização das Salas de Espera. Para esse desafio, a equipe multidisciplinar desenvolveu projeto que privilegia fatores como criatividade/inovação, tecnologia, organização, segurança, integração, sustentabilidade e eficiência.

A sala de espera é o primeiro ambiente onde os clientes têm contato com o hospital. A proposta é que se sintam acolhidos e tenham uma experiência positiva, através da melhoria no fluxo do atendimento e na integração das linguagens visual e arquitetônica. O espaço nos consultórios do Bloco A1, na unidade Morumbi, já foi entregue.

Segundo o sócio-diretor da acr, Antonio Carlos Rodrigues, a busca pela melhoria do atendimento no setor de saúde é um trabalho de inteligência contínuo. “O desafio deste projeto é ao mesmo tempo o motivo de seu sucesso. A ambientação precisa de embasamento conceitual ou fica muito subjetiva e se dissolve com facilidade. Conceituamos o projeto sobre valores que o HIAE já tem como os da sustentabilidade e desospitalização (planet tree), além disso, agregamos o conceito de ambientes de cura – healing spaces”, explica o arquiteto.

Os principais aspectos físicos abordados foram o mobiliário, tanto o industrial quanto o de marcenaria, cortinas, cores, materiais, temas dos quadros para as paredes e a iluminação. Um novo móvel foi desenvolvido em parceria com o designer Fernando Jaeger, um banco de madeira onde os assentos das poltronas foram fixados a uma distância que permite a individualidade e são mais ergonômicos – mesmo para pessoas acima do peso-, a instalação de tomadas para recarga de celulares e computadores e apoio de livros e revistas. Algo único e exclusivo, pois agrega o conceito de coletivo do banco (numa referência à praça, local de encontro e convivência) à individualidade e conforto de uma poltrona. Essas soluções permitem que a sala fique exatamente como foi planejada e passe uma imagem de organização e segurança.

Os tecidos das cortinas e dos revestimentos, de alta performance, grande durabilidade e fácil manutenção, são da Vescom Revestimentos, outro parceiro da acr. A meta é remodelar todas as salas de espera, tanto no Morumbi como nas demais unidades.

Ficha:
Arquitetos responsáveis:
• Antonio Carlos Rodrigues, Rafael Tozo e Mariana Franco.
Principais fornecedores:
• Fernando Jaeger (móveis)
• Vescom (tecidos)
• Guido Contini (marcenaria)
• By Kami (tapete)
• L’oeil (vasos)

Serviço:
acr arquitetura
(11) 5572-9924
http://www.acr.arq.br/


<<Voltar