Em SP, acr arquitetura cria projeto para o laboratório de alta complexidade, Genesis Genetics Brasil

acr

[vertical-spacer]

[one-half-first]

A acr arquitetura entrega mais um projeto desafiador na área de saúde. Um conjunto comercial de 200 m² no bairro de Higienópolis, em São Paulo, pensado originalmente para uso corporativo, teve que ser “reinventado” para se transformar em um laboratório de alta especialidade, o Genesis Genetics Brasil (GGB). Pioneiro em PGD – Diagnóstico Genético Pré-Implantacional, também conhecido como diagnóstico genético embrionário, o GGB estava em uma fase de expansão de tecnologia e portfólio e buscava uma estrutura que comportasse este novo momento, além de ter um espaço mais confortável para seus colaboradores.>>>

Com 10 anos de atuação no país, o GGB possui uma equipe altamente qualificada, usa tecnologia de ponta e mantém uma ampla conexão com clínicas de reprodução assistida, para complementar o tratamento de casais, cujas alterações genéticas limitam sua fertilidade e o sonho de construir uma família saudável.

Por suas peculiaridades, o Genesis Genetics Brasil exigia um projeto de alta especificação técnica, além de compor as atividades administrativa e científica. Para atender estes diferenciais, a acr arquitetura conciliou estas duas áreas, sem que houvesse interferências no fluxo dos exames e da rotina operacional.  “A nova sede demandou mais de dois meses de estudos no projeto e três na execução”, comenta Rafael Tozo, sócio-diretor da acr arquitetura.

Na área médica, as referências internacionais de instituições que também prezam pela transparência, como a Genesis Genetics, foram fundamentais para conciliar as normas

[/one-half-first]
[one-half]

da Vigilância Sanitária e espaços de maior complexidade, como os setores de análise, onde ocorre a amplificação do DNA do embrião, em dois processos: um com isolamento  e, numa segunda etapa menos crítica, a prioridade do maior espaço. Estes detalhes técnicos foram fundamentais na definição deste tipo de projeto.

No novo endereço, não foram realizadas apenas mudanças estruturais, instalações sanitárias especiais e compartimentação. A ambientação também foi um item importante, para proporcionar um clima aconchegante, com piso e divisórias em padrão madeira, móveis coloridos, comunicação visual alegre e descontraída. Para o colaborador criou-se um locker pessoal e ampla Copa, com TV e varanda, num espaço que também pode ser utilizado para reuniões. Grandes janelas garantem a luminosidade de várias áreas e contribuem para quebrar a frieza que se imagina, quando se pensa em um laboratório. Um visor de vidro  entre a área administrativa e o laboratório principal, também gera permeabilidade visual em grande parte da empresa.

“Era essencial garantir a segurança dos nossos diagnósticos separando a sala de pré-amplificação de DNA, para que não sofresse nenhum tipo de contaminação e também pensar no bem-estar da equipe com espaços livres, sem paredes ou, no máximo vidro, otimizando a luz externa e vista das amplas janelas. Quando temos a possibilidade de planejar os espaços, todos são beneficiados com a organização, conforto, praticidade e beleza”, ressaltou Juliana F. Cuzzi, diretora do laboratório Genesis Genetics Brasil.[/one-half]

[vertical-spacer]

Serviço:
acr arquitetura
11 5572-9924
http://www.acr.arq.br

[vertical-spacer]

Ver página do profissional no Arqbrasil

Ver página do ACR no Arqbrasil