41_acquabrasilisSelo e certificado verde trazem reconhecimento internacional no setor da construção civil. A utilização de tecnologias e procedimentos para diminuir os impactos no meio ambiente, utilizando com eficiência a água e energia, protegendo a saúde dos ocupantes da poluição e degradação ambiental, vem ganhando espaço em projetos de grandes construtoras. Novos empreendimentos estão adotando cada vez mais medidas sustentáveis na hora de construir, operar e efetuar a manutenção, seguindo os critérios de sustentabilidade ambiental dos certificados LEED e AQUA.

Atualmente, 40 empreendimentos brasileiros já possuem a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), sistema americano aplicado pelo USGBC (United States Green Building Council). Emitido em mais de 130 países, o selo é considerado hoje, a principal certificação de construção sustentável aos empreendimentos do Brasil, sendo representado oficialmente pelo GBC-Brasil (Conselho de Construção Sustentável do Brasil), criado no país em 2007.

“A conservação da água nas construções, o consumo consciente da água potável e sistemas de reaproveitamento são requisitos importantes para a conquista do selo numa obra”, relata Sibylle Muller, diretora da AcquaBrasilis.

O certificado AQUA também possui uma avaliação de desempenho ambiental e baseia-se na certificação francesa Démarche HQE, que atualmente é implantada no Brasil pela Fundação Vanzolini. Para obter o certificado, o empreendimento é avaliado dentro de 14 categorias, desde a construção até a gestão, com o objetivo de gerar conforto e saúde aos moradores, além de causar menor impacto ambiental e custo de manutenção.

“A certificação é uma ferramenta que garante credibilidade da obra, ou seja, trata-se de uma assinatura verde para o mercado. Além disso, o certificado demonstra também o desempenho do edifício e os esforços feitos para a redução do consumo de água, energia, CO2 e matérias primas” explica Sibylle Muller.

O conceito de construção verde não está associado apenas à preservação do meio ambiente, e sim à proposta que prevê o desenvolvimento econômico, social e o respeito ao meio ambiente. Para países em desenvolvimento, como o Brasil, equilibrar esses três pontos é fundamental para garantir um crescimento econômico sólido.

A AcquaBrasilis, referência no segmento de reúso de água e captação e tratamento de água da chuva para aproveitamento em fins não potáveis, foi a empresa responsável por implantar sistemas de tratamento em todo o território nacional, contribuindo com a preservação dos recursos hídricos. A instituição já participa de projetos com as normas dos certificados citados acima, incentivando a construção verde com o objetivo de construir edifícios residenciais e comerciais saudáveis aos ocupantes e ao meio ambiente.

AcquaBrasilis- Com tecnologia desenvolvida na Alemanha adaptada as necessidades dos projetos nacionais, a AcquaBrasilis é hoje, referência de atuação no mercado de reuso de água, captação de água da chuva, potabilização de águas de mananciais, tratamento para fins não potáveis, como irrigação, em vasos sanitários, lavagem de roupas, carros, etc.

Atuante no segmento desde 2001, a AcquaBrasilis surgiu com a proposta num período em que a preocupação com o meio ambiente torna-se cada vez mais evidente em projetos empresariais e empreendimentos imobiliários, tornando um importante diferencial de compra para os consumidores. Hoje é tida como um referência no segmento, pois se diferencia por oferecer não somente o produto final, mas sim um projeto adaptado às necessidades de cada empreendimento, seja de pequeno, médio ou grande porte; a instalação e manutenção de todo o sistema; e consultoria no que diz respeito a certificados e normas dos órgãos ambientais.| AcquaBrasilis