Projetos criativos estão adquirindo cada vez mais importância nos projetos de arquitetura corporativa. Isso porque empresários têm percebido que o ambiente influencia no comportamento e rendimento dos funcionários

criativos

Para desenvolver ambientes criativos é fundamental que o arquiteto conheça as necessidades da empresa e possa desenvolver um layout  que estimule a troca  espontânea de ideias  ou áreas isoladas para reflexão.

Afinal, não basta derrubar paredes, trocar mobiliário e aplicar cores chamativas para criar o espaço de trabalho ideal. Um projeto de arquitetura corporativa personalizado deve entender a cultura a ser aplicada na empresa e criar ambientes que permitam a interação com colegas, áreas de reuniões informais e espaços para concentração de acordo com as necessidades especificas.

Lugares visualmente monótonos não costumam contribuir muito com o rendimento dos funcionários. Por outro lado, o excesso de estímulos visuais pode fazer com que as pessoas percam a concentração com mais facilidade, o que também não leva a um melhor aproveitamento das horas de trabalho.

A tecnologia também se tornou um aliado para a mobilidade dos funcionários dentro dos escritórios, podendo executar parte de suas tarefas em áreas antes restritas.

Um ambiente equilibrado com estudo de cores, móveis adequados e que permita pequenas intervenções pessoais de cada funcionário, pode ser mais inspirador do que espaços amplos e sofisticados porém muito impessoais.

É certo que não existe uma formula ou conceito especifico para o projeto ideal, por isso investir em um escritório especializado em arquitetura corporativa é o melhor caminho.

[VER PROJETO]

Serviço:
Casa3 Arquitetura
(21) 3325-1891
http://casa3.com.br