Reforma de escritório administrativo executada pela EFTM Arquitetura priorizou a funcionalidade

EFTMUma empresa que administra condomínios teve seu escritório reformulado no ano passado em menos de três meses. Executada pela EFTM Arquitetura, a readequação do espaço de 42,50 metros quadrados foi baseada na necessidade de promover a interação constante entre os funcionários e priorizar o atendimento aos clientes e demais visitantes. Sendo assim, o espaço de trabalho para quatro colaboradores recebeu um móvel que concentra pastas suspensas e documentos, facilitando o manuseio por todos que ali trabalham. Pode parecer um pormenor, mas para este escritório a organização dos arquivos é fundamental, pois são mais de 40 clientes atendidos. “Funcionalidade, conforto e estética eram as prioridades da empresa quando tivemos a primeira conversa, e são pilares que estão em todo o projeto”, explica a arquiteta Thalita Miyawaki da EFTM Arquitetura.

A primeira sensação que se tem no local é de organização. O objetivo da reforma foi criar opções de layout no escritório que setorizaram recepção, área de trabalho, arquivos, oferecendo mais comodidade e ergonomia para os trabalhadores. “Esse reposicionamento de mesas e cadeiras possibilitou mais mobilidade aos funcionários, criando uma circulação ideal entre as cadeiras de atendimento de cada mesa, um pequeno detalhe que pode ser irritante na rotina se a disposição for inadequada”, ressalta a arquiteta Erika Fukunishi. Todo o mobiliário da área de trabalho foi concebido de forma interligada e executado em marcenaria, o que permite mais flexibilidade com relação a cores e dimensões. Uma preocupação era minimizar a exposição de fios elétricos, então foi utilizado um rodapé confeccionado em marcenaria para que a tubulação corresse por dentro dele, criando uma caixa onde as tomadas, pontos de telefone e rede fossem acessadas pelo topo da mesma.

EFTM

A EFTM Arquitetura considerou a acomodação dos mobiliários e a instalação de aparelhos de ar condicionado, de forma a incrementar a produtividade

Conforto visual e térmico também foram pontos importantes no desenvolvimento do novo layout. A iluminação foi projetada para que todas as mesas e arquivos fossem clareadas de forma adequada ao trabalho. Para não perder a sensação de amplitude na área de trabalho, foi mantido o pé direito original, com dimensão de 2,60 metros, e utilizada a iluminação sobreposta e em trilho. A EFTM Arquitetura considerou a acomodação dos mobiliários e a instalação de aparelhos de ar condicionado, de forma a incrementar a produtividade. Outros artifícios utilizados pelas arquitetas Erika e Thalita foram o rebaixamento do teto com forro de gesso; luminárias embutidas, garantindo a iluminação adequada para que os clientes possam fazer leituras rápidas enquanto aguardam atendimento; além de painel lateral e o uso de espelho para dar a sensação de amplitude no hall de entrada.

Identidade visual – A estética do projeto e a identidade visual já estabelecida pela empresa não poderiam ser comprometidas, por isso, a composição entre materiais foi muito trabalhada por meio de elementos como espelhos, papel de parede, pintura, iluminação, móveis e piso vinílico em tons amadeirados, os quais deixam o ambiente mais quente. A parede aos fundos do escritório recebeu uma pintura com o tom de azul Martim-Pescador, da Suvinil, que cria a sensação de profundidade, destacando os móveis em MDF Bergerac da linha touchMasisa. “Expor a marca em posições estratégicas e de destaque cria um ambiente agradável para que o consumidor possa ali permanecer, visualizar e gravar a imagem da logomarca”, complementa Thalita.

Serviço:
EFTM Arquitetura
Rua Professor Paulo D’Assumpção, 132, Jardim das Américas – Curitiba (PR)
Erika Fukunishi – CAU nº A67408-7
Thalita Miyawaki – CAU nº A53912-0
webSite: EFTMarquitetura