A Petinelli Engenharia e Consultoria Empresarial escolheu a estrutura da Delta Containers para desenvolver um dos banheiros do escritório.

A Petinelli Engenharia e Consultoria Empresarial aderiu à estrutura da Delta Containers para desenvolver um dos banheiros do escritório

A Petinelli Engenharia e Consultoria Empresarial aderiu à estrutura da Delta Containers para desenvolver um dos banheiros do escritório

O tema sustentabilidade ganhou relevância no ramo empresarial, e hoje as empresas já perceberam a necessidade de preservar o meio ambiente e começaram a dedicar seu tempo e recursos para projetos com esse objetivo. Neste sentido, o uso de containers aparece como uma das alternativas encontradas para tornar uma construção sustentável e tem sido usado em algumas empresas.

A Petinelli Engenharia e Consultoria Empresarial, empresa especializada em construção sustentável, por exemplo, aderiu à estrutura para abrigar um dos banheiros do seu escritório, localizado no bairro Rebouças, em Curitiba (PR). Segundo um dos sócios-proprietários da Petinelli, o engenheiro João Vitor Gallo, optou-se pelo uso do container devido as características de reaproveitamento, impacto ambiental reduzido que a estrutura apresenta e agilidade de instalação.

Além do módulo já ser considerado sustentável, a empresa desenvolveu um sistema “NetZero Água”, isso significa que toda água utilizada pelo banheiro é tratada, potabilizada e reutilizada no próprio escritório. “O container é autossuficiente hidricamente e não precisamos dos serviços da Sanepar, apenas para o sistema de backup. São utilizados dois ciclos separados de água, o primeiro é a água potável que abastece as torneiras e chuveiros, a fonte dessa água é a chuva que é captada e passa por um processo de microfiltragem, remoção de odor, remineralização e desinfecção para então seguir para o devido uso, o segundo é o tratamento de todo o esgoto gerado para reuso exclusivo nas descargas dos vasos sanitários e mictórios”, explica João Vitor.

Para o tratamento, todo esgoto do banheiro é canalizado e passa pelas seguintes fases: tratamento preliminar chamado de verme compostagem, onde todo material orgânico grosseiro é retido em uma cisterna enterrada para que as minhocas façam a decomposição da matéria orgânica. Na mesma cisterna a água passa por camadas de bactérias e protozoários e é acumulada no fundo, até acumular volume suficiente para ser bombeada para um filtro anaeróbio recebendo o tratamento secundário. Por gravidade a água é encaminhada a um sistema de zona de raízes ou wetlands também conhecido por Jardins Filtrantes onde as plantas fazem o tratamento terciário, capturam os nutrientes e inserem oxigênio à água purificando o efluente.

A água passa por filtros de poliuretano de cinco micras, carvão ativado e é recirculada em uma câmara que contém ozônio, peróxido de hidrogênio e lâmpada UV. Tornando a água 100% desinfectada, incolor e inodora atendendo padrões de balneabilidade para ser reutilizada nas descargas dos vasos e mictórios. “O container faz parte desse sistema sustentável implementado pela empresa, tendo em vista o pequeno impacto que gera no meio ambiente, se comparado a outros tipos de construção”, explica o gerente técnico e de projetos da Delta Containers, Pablo Castilho.

A Delta Containers também participou da execução e instalação de containers na Estação Sustentabilidade, um projeto da Prefeitura de Curitiba, que prevê que o cidadão leve o lixo reciclável que produz até o ponto de coleta. A empresa participa do projeto desde o seu início, em 2014, e até o momento já fez em torno de três unidades, que foram implantados nos bairros da capital. O projeto faz parte do Sistema de Entrega Voluntária de Resíduos Recicláveis, que prevê a implantação, nos próximos anos, de pelo menos uma estação em cada um dos 75 bairros de Curitiba.

Serviço:
Delta Containers
0800 607-7777
deltacontainers.com.br