Ter um lugar especial para estudar pode ajudar na melhora da concentração e em bons resultados no aprendizado e nas notas do estudante adulto

Cris Paola

Voltar a estudar não é uma tarefa fácil – seja em uma nova graduação ou pós, concurso público ou alguma formação que ajudará a impulsionar a carreira. Ter disciplina, frequentar assiduamente as aulas e abdicar de alguns compromissos para estudar são pontos que que integram essa mudança.

Cuidar do local de estudo em casa contribui para um melhor aprendizado. Para ajudar na concepção de um cantinho tranquilo, organizado e confortável, a arquiteta Cris Paola, do Studio Cris Paola, reuniu algumas dicas que vão garantir o sucesso no aprendizado e na carreira profissional.

Local adequado – Antes de qualquer coisa, a profissional sugere identificar qual o melhor local para montar o espaço de estudo. Cris Paola alerta que, se não houver disponibilidade para um ambiente exclusivo, esse não é o problema. Pode ser um cantinho do quarto ou mesmo da sala de estar ou jantar.

O mais importante é que essa área seja um lugar tranquilo para manter o foco nos estudos e que não precisa ser uma grande metragem. “É possível aproveitar um espaço que não seja utilizado como, embaixo da escada ou mesmo um pedaço do rack ou aparador”, explica. Ela ainda destaca a necessidade de atenção especial para a escolha da cadeira que, por ser muito utilizada, deve proporcionar conforto e ergonomia.

Organização – Manter a concentração é um dos desafios para os estudantes. Entre livros e apostilas, a dica é manter apenas itens importantes à vista. “Descarte tudo que não estiver funcionando ou não for útil, como lapiseiras quebradas, canetas sem tinta, livros e papéis velhos”, aconselha a arquiteta.

Se o local não tiver prateleiras ou gavetas, acomode todos os objetos em caixas coloridas e distintas – com a devida identificação –, para não perder tempo procurando livros ou cadernos. Tudo organizado é fundamental para manter a mesa de estudo livre.

Iluminação – No quesito iluminação, Cris Paola pontua que o ideal é que o espaço esteja posicionado próximo à janela. Diante da impossibilidade e pensando em horários noturnos, uma luminária de mesa integra o canto de estudos.

Toque final – Depois de seguir todos os passos indicados pela arquiteta, chegou a hora mais divertida: a decoração. Pôsteres, fotos e até aquele objeto especial podem ajudar nessa missão. “Essa identificação com o ambiente colabora para que o dono do espaço queira estudar, sinta-se dono e curta estar ali”, finaliza a profissional.

Contato:
Studio Cris Paola
(11) 3071-2888
http://www.studiocrispaola.com.br