Os móveis de uma loja é muito importante, pois busca tornar o interior do estabelecimento mais atrativo, ajudando a criar vitrines interessantes. Isso sem falar no objetivo básico de suporte para as mercadorias apresentadas aos clientes de forma mais organizada

A arquiteta Marina Debasa, sócia do escritório Arquitetude e especialista em arquitetura comercial, conta um pouco de como é o processo para escolher móveis para lojas. “Um projeto comercial atrativo necessita de móveis comerciais bonitos e de boa qualidade. O primeiro passo para escolher os melhores móveis para uma loja é pensar no tipo de comércio”, explica Marina.

Segundo ela, é o tipo de comércio que dita o tipo de mobiliário que será usado. “Uma loja de artigos de decoração, por exemplo, terá mais estantes, nichos e prateleiras enquanto uma loja de roupas precisará de mais araras e cabideiros e um loja de joias precisará de muitas vitrines e expositores. É importante considerar os produtos que serão expostos para adquirir os melhores móveis para eles”.

Marina lembra que móveis para loja devem ter alta qualidade devido à grande circulação de pessoas numa loja. “As pessoas acabam tocando, esbarrando e se apoiando nos móveis comerciais, portanto é bem importante que eles tenham uma ótima qualidade, caso contrário será necessária substituição constante do mobiliário, podendo gerar altos custos ao empresário”.

Outra característica a se levar em conta na hora de escolher os móveis para uma loja é o tamanho do estabelecimento que está sendo mobiliado. “Móveis muito grandes em lojas pequenas geram desconforto, assim como falta de móveis em uma loja grande. Ambas as situações fazem com que os clientes pensem que a loja não foi planejada, o que pode ser bem negativo para sua imagem”.

A arquiteta conta que uma saída comum para não ter problemas quanto ao tamanho dos móveis é fazê-los sob medida. “Móveis sob medida são sempre um coringa, pois preenchem a loja corretamente, aproveitando bem os espaços disponíveis e sem atrapalhar a circulação. Eles ainda possuem qualidade superior e podem ser complementados com outros móveis, o que dá mais personalidade e charme ao ambiente”.

Marina finaliza dizendo que, para ter móveis adequados ao tamanho da loja e tipo de comércio, ter um projeto de arquitetura comercial pode ser muito importante. “Para criar um projeto de arquitetura comercial, o arquiteto fará um estudo profundo sobre o público-alvo e as necessidades da loja, o que facilitará muito a escolha do mobiliário e deixará o espaço mais bonito e funcional”.

Serviço:
Arquitetude
21 3417-0551
http://arquitetude.com.br

 

Ver página do profissional no Arqbrasil

Ver página do profissional no Arqbrasil