Realizar obras e reformas em escritórios pode ser um enorme transtorno. Por isso, os arquitetos precisam buscar formas simplificadas de transformar o ambiente corporativo sem fazer com que os funcionários percam um dia de trabalho. O uso de pisos elevados na arquitetura corporativa é uma dessas adaptações que deu tão certo e que está se popularizando cada vez mais.

Pisos
Segundo o arquiteto Ricardo Nunes, sócio do escritório Casa 3 Arquitetura e especialista em projetos corporativos, pisos elevados já existem no mercado há algum tempo e têm ajudado a diminuir o período de obras e reformas.

“O piso elevado consiste em uma estrutura modular de apoio para placas, que cria um vão permitindo a passagem de cabos, dutos, tubos, calhas e até de um sistema de ar condicionado, eliminando a necessidade de quebradeiras. Isso facilita qualquer obra, diminuindo prazos de entrega e deixando os clientes mais satisfeitos”, conta Ricardo.

Para um escritório que está aumentando a equipe ou deseja ter um novo visual, o piso elevado permite mudar as estações de trabalho de posição sem deixar as instalações aparentes ou atrapalhando a circulação. “Poder instalar tomadas no piso ou passar os cabos sem muito esforço é uma das vantagens dos pisos elevados”.

Além disso, quando ocorre algum tipo de problema no cabeamento ou nos tubos, basta retirar uma parte do piso para se realizar a manutenção e depois colocá-lo de volta no lugar. “Quando necessária, a manutenção é feita de forma muito prática e rápida, minimizando o impacto nas atividades do escritório ”, informa o arquiteto.

Ricardo conta que esse tipo de piso tem instalação fácil, rápida e muito limpa. “A estrutura modular é montada de acordo com as dimensões do escritório. Como não há necessidade de muitos cortes, gerasse pouco ruído e resíduos, o que é ideal para o ambiente corporativo”.

Já existe no mercado uma variedade de revestimentos para se aplicar sobre o piso elevado, permitindo assim que ele possa ser utilizado em diferentes ambientes dentro da empresa.

Por isso, antes de instalá-los, é importante consultar um escritório de arquitetura para realizar um projeto personalizado e escolher os materiais mais indicados para o espaço. “Assim o piso acaba oferecendo ao espaço uma maior mobilidade”, conclui Ricardo.

Serviço:
Casa 3 Arquitetura
(21) 3325-1891
http://casa3.com.br

 

Ver página do profissional no Arqbrasil

Ver página do profissional no Arqbrasil