A proposta do Manual ProAcústica para Qualidade Acústica em Escolas é orientar sobre como reduzir o ruído intrusivo e controlar as condições reverberantes em salas de aulas para melhorar a aprendizagem e reduzir os níveis de estresse dos professores.

ProAcústica

O manual foi lançado durante a Feicon Batimat 2019, em São Paulo, e é uma iniciativa da ProAcústica (Associação Brasileira para a Qualidade Acústica), por meio do seu Comitê Acústica nas Edificações – Grupo de Trabalho Escolas.

Trata-se de um guia prático e orientativo para que arquitetos, construtores, consultores de acústica, fornecedores, profissionais da educação e projetistas tenham informações a respeito dos critérios técni­cos e boas práticas na elaboração do projeto acústico para escolas. O material estabelece requisitos acústicos e orienta sobre as boas práticas na elaboração de projetos acústicos para escolas no modelo tradicional, que são salas de aula sem equipamentos de am­plificação de som e com piso plano.

Dividido em três abordagens temáticas principais, o Manual ProAcústica para Qualidade Acústica em Escolas traz conceitos básicos e terminologias, critérios técnicos e boas práticas para projetos/obras. Nesse contexto o manual pontua orientações sobre reverberação sonora, inteligibilidade da fala, isolamento acústico e absorção acústica; ruído residual em escolas, tempo de reverberação em salas de aula, isolamento acústico para escolas; análise do layout, paralelismo nas salas de aula, portas, divisórias internas e sistemas de ventilação.

Sobre a questão da inteligibilidade da fala em salas de aula, por exemplo, o manual apresenta pesquisas que mostram que a combinação excessiva de ruído residual e da reverberação em salas de aula pode impactar de forma negativa a qualidade da recepção do sinal da fala nos alunos; por isso, os principais parâmetros para melhorar a inteligibilidade da fala a serem analisados são o ruído residual e o tempo de reverberação nos ambientes.

Mais do que uma importante ferramenta para profissionais que atuam no mercado de acústica nos ambientes escolares, o Manual ProAcústica para Qualidade Acústica em Escolas faz uma alerta para as consequências negativas que o ruído traz ao processo de apren­dizagem, como dispersão de atenção em sala de aula, dificuldade de leitura e déficit motivacional. Atividades como leitura, com alta de­manda cognitiva para resolução de problemas e memória, normal­mente são as mais afetadas pela exposição ao ruído.

O Manual ProAcústica para Qualidade Acústica em Escolas está disponível para download gratuito, via cadastro básico – no Portal ProAcústica. Acesse: proacustica.org.br/publicacoes/manuais-tecnicos-sobre-acustica.html

Sobre a ProAcústica
A ProAcústica – Associação Brasileira para a Qualidade Acústica é um entidade civil sem fins lucrativos que tem por finalidade, congregar empresas e profissionais, objetivando o desenvolvimento da Acústica Aplicada no Brasil, campo que abrange também a Ciência das Vibrações. A missão da entidade é difundir os benefícios das soluções acústicas na construção civil como fator primordial para o conforto e a saúde dos usuários seja em casa, no trabalho ou em qualquer espaço urbano e, também, como fator de sustentabilidade dos empreendimentos e do meio ambiente. As áreas de atuação compreendem a acústica das edificações e a ambiental. São 66 empresas associadas de segmentos diversos: fabricantes de produtos acústicos; consultorias em projeto de acústica; empresas de instalação e distribuição; e laboratório.

Serviço:
ProAcústica
tel.: 11 5572-1850 / 5041-3036
proacustica.org.br