Larissa Lóh em linhas retas e cimento queimado para deixar o ambiente moderno e sem exageros

Larissa Lóh

O imóvel de 200 m² localizado no bairro Jardim Social (Curitiba) passou por uma reforma completa em 2018. O proprietário adquiriu o imóvel antigo e queria dar novos ares a ele antes de ocupá-lo. A responsável pelo projeto foi a arquiteta Larissa Lóh que apostou em linhas retas e materiais atuais como o cimento queimado para deixar o ambiente mais moderno, porém sem exageros.

A antiga casa com portas em formato de arco e telhado com telhas de cerâmica aparente ganhou nova fachada com linhas retas e elementos contemporâneos como os brises e muro de vidro. As esquadrias existentes receberam tratamento adequado e novas aberturas foram executadas para os ambientes receberem mais luz natural. O cimento queimado da fachada tem continuação no piso criando uma linha ininterrupta marcando a entrada do imóvel.

O paisagismo tem assinatura de Claudia Canales e atende um desejo do cliente: um jardim minimalista com destaque para a jabuticabeira. “Foi um retrofit completo para modernizar a edificação”, destaca Larissa Lóh. A obra envolveu novas soluções de fachada, planta baixa, sistemas prediais, acessibilidade, reforço de estruturas, paisagismo e projeto de interiores completo.

Interior – O interior do imóvel ganhou amplitude com espaços integrados e com o uso de divisórias de vidro e alumínio com pintura preta. O piso da escada que era ardósia foi substituído por granito escovado e a parede recebeu cimento queimado, repetindo o elemento da fachada que está alinhado com o vão da escada. A escada ganhou corrimão e guarda-corpo de vidro com espaçadores de aço inox. Com um design limpo, o local ficou bem iluminado e amplo atendendo o desejo do cliente.

A escolha da paleta de cores foi por tons mais sóbrios, com o uso de cinza, preto e branco mesclado com cimento queimado. Para deixar o ambiente mais convidativo, algumas paredes e móveis em madeira para aquecer o ambiente, com a opção da madeira ripada para dar um aspecto mais atual.

O mobiliário foi composto por clássicos do design, com cadeiras Charles Eames, poltronas e mesas Eero Saarinen. A sala do diretor conta com o painel de ripado em lâmina de madeira natural freijó, cadeira Herman Muller e mesa em mármore nero da Michelangelo.

Na iluminação a luz indireta com sancas de gesso combinada com spots embutidos gerou um resultado interessante que procura valorizar os ambientes e gerar mais conforto para os usuários.

 

[Ver Projeto]

 

Contato:
Larissa Lóh Arquitetura e Interiores
(41) 3014-0639
https://www.larissaloh.com/