Projetos de interiores em ambientes corporativos trabalham com um ritmo diferente e foco na produtividade dos colaboradores. Arquiteta Juliana Lahóz analisa a evolução do espaço de trabalho pela perspectiva da decoração e dos mobiliários
Corporativos

A arquiteta Juliana Lahóz: as empresas estão atentas tanto na contratação de profissionais, quanto na escolha de móveis alinhados com seu planejamento

Não é apenas a remuneração salarial que está ligada ao aumento quantitativo e qualitativo da produtividade nos ambientes profissionais. Pela perspectiva espacial, é possível afirmar que o desenvolvimento físico e decorativo do local de trabalho reflete melhores rendimentos dos colaboradores. Esse é um dos conceitos que permeiam a evolução de projetos de interiores corporativos e também a criação de mobiliários para esses meios. “É sempre importante estimular as pessoas se sentirem bem no ambiente de trabalho, visto a quantidade de tempo que elas passam inseridas naquele lugar. Criar um cenário em que ela possa relaxar ou disponibilizar as mesas para que ela tenha uma vista que agrade os olhos são exemplos de total influência na produção”, afirma a coach Cibele Nardi. Leia+Mais→