Skip to main content

Uniflex em PMR pelo Estúdio Tupi

Edifício icônico de São Paulo, criado por Paulo Mendes da Rocha em 1987, ganha nova roupagem sob a assinatura do Estúdio Tupi

Uniflex

Uniflex abre em fevereiro, loja na Avenida Cidade Jardim com repaginação do Estúdio Tupi. Aldo Urbinati, à frente do escritório de arquitetura, desenvolveu um projeto exclusivo para a marca que desembarca em um dos espaços mais icônicos da capital paulista, com 500m².

Aldo explica que, para a loja de Mario Rudge Castilho – terceira do empresário – buscou inspiração na Bauhaus com suas cores primárias – amarelo, vermelho e azul – e, classificando o vermelho com um tom precedente – instalações anteriores tinham suas marcas identificadas pela cor – o aplicou dentro do projeto como uma seleção conceitual, para informar que os itens em vermelho não dizem sobre o prédio, tão menos sobre os produtos. Leia+Mais→

Edgar Sacchi triplica espaço de varejo

A transformação da loja criou amplas vitrines, lounge de espera, minimuseu e um totem exclusivo de 40 polegadas touchscreen

Com 50 anos de história, a tradicional loja Optisom localizada no centro da capital paulistana e especializada em equipamentos e acessórios para fotografia e vídeos, tinha um propósito: melhorar a rotina de trabalho dos funcionários e conquistar ainda mais clientes. Para isso, o proprietário Adriano Carnelossi resolveu procurar ajuda de um profissional, foi quando conheceu o escritório Edgar Sacchi Arquitetura. Leia+Mais→

O escritório do Estúdio Campetti

Reforma do subsolo de uma antiga casa alemã transforma-se em escritório do Estúdio Campetti em Curitiba

Campetti

A necessidade de encontrar um espaço para acomodar o novo escritório do Estúdio Campetti, de Curitiba, levou os arquitetos e sócios, Márcia Campetti e Tiago Campetti, a buscar um espaço na região central da cidade com uma única premissa de que não seria uma sala em um edifício comercial, mas um local onde se pudesse trabalhar com liberdade a composição do espaço.

O local encontrado foi o subsolo de 90m2 sob uma antiga casa alemã construída da região central. A maior preocupação dos arquitetos era se o pé direito de 2,10m (1,90m abaixo de algumas vigas) não impediria o bom funcionamento do estúdio. A solução encontrada foi rebaixar toda a circulação que o espaço necessitaria e distribuir os ambientes nos cômodos periféricos. Também as soluções de iluminação foram pensadas para liberar o teto e otimizar os espaços. Leia+Mais→